Professor filmado importunando sexualmente aluna de 14 anos em sala de aula é afastado

Por meio de nota oficial, o IFMS (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul) informou que o professor preso na última quinta-feira (27), será afastado das atividades. Ele é acusado de importunar sexualmente uma aluna de 14 anos e o fato chegou a ser registrado por câmeras de segurança.

Conforme a IFMS, a Comissão Permanente para Prevenção e Enfrentamento dos Assédios Moral e Sexual do campus, que fica em uma cidade no interior, foi acionada logo após o ocorrido. Desta forma, o instituto garante que prestou acolhimento à adolescente e também aos familiares.

Após o ocorrido, a Polícia Militar foi acionada pela diretora-geral e o professor preso em flagrante. Câmeras do circuito interno registraram o caso de importunação sexual. “O professor em questão foi contratado por meio de processo seletivo e será afastado das atividades no IFMS”, garante o instituto.

Importunação sexual no laboratório

A aluna procurou a psicóloga da instituição bastante nervosa por volta das 17 horas, contando que o professor pediu para ela ficar após a aula para falar sobre uma atividade. Então, o suspeito ficou atrás da carteira da menina e passou a acariciá-la nos ombros.

Depois, o professor ainda teria feito perguntas, como: “qual o número do seu sutiã?” E também perguntou se ela gostava da sua boca. O homem ainda teria passado as mãos em suas pernas e virilha e apalpando os seios da adolescente.

Depois do relato da adolescente, a diretora da instituição de ensino foi olhar as câmeras de segurança que existem dentro das salas de aula, flagrando a conduta do professor. A polícia foi acionada e o homem levado para a delegacia.

Após a prisão, o suspeito teve liberdade provisória garantida na audiência de custódia.

*O nome da cidade foi omitido para preservar a vítima, conforme preconiza o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente)

EldoNews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *